Território Corpo: Entre Brasil e África Negra - Roda de Conversa 4: O Discurso Audiovisual sobre a Produção Negra em Dança Carmen Luz (RJ), Firmino Pitanga (BA) e João Nascimento (SP) - Inscrições Abertas

08 dezembro 2020

No Mês Negro e da Diversidade no CCVM, o programa  Território Corpo: Entre Brasil e África Negra  apresenta a Roda de Conversa 4: O Discurso Audiovisual sobre a Produção Negra em Dança, com Carmen Luz (RJ), Firmino Pitanga (BA) e João Nascimento (SP), dia 08/12, de 19h às 21h. 

A roda propõe pensar sobre quais são as percepções do audiovisual brasileiro acerca das manifestações e corporeidades negras e o que provoca e caracteriza esses olhares, a partir das poéticas e dos discursos dos cineastas e coreógrafos convidados.

Carmen Luz é cineasta, coreógrafa, curadora, artista audiovisual e cênica. Escreve e produz documentários e filmes de videoarte e videodanças. É professora na Escola de Cinema Darcy Ribeiro e da Faculdade Angel Vianna. Fundou e é diretora artística e coreógrafa da Cia. Étnica de Dança. Foi diretora do Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro e do Centro Cultural José Bonifácio – Centro de Referência da Cultura Negra da Cidade do Rio de Janeiro.

João Nascimento é artista, pesquisador de cultura negra em diáspora e diretor das artes dos corpos sonoros e dançantes. Cineasta documentarista, realizou a direção, roteiro e trilha sonora do filme Danças Negras, premiado no edital SPcine 2019. É coordenador do Ponto de Cultura Afrobase, integra a Frente 03 de Fevereiro e é diretor-fundador da Cia.Treme Terra. Realizou a direção geral e musical de diversos espetáculos, entre eles, Pele Negra, Máscaras Brancas e Anonimato – Orikis aos Mitos Pessoais Desaparecidos.

Firmino Pitanga formou-se em Dança (UFBA), integrou o Balé do Teatro Castro Alves (BA) e é ex-integrante do Grupo de Dança Contemporânea da UFBA, com o qual representou o Brasil no II FESTAC (Festival de Artes e Cultura Negra Africana), realizado na Nigéria, em 1977. Em 1987, muda-se para São Paulo e cria a Cia de Dança Negra Batá Kotô. Nos últimos dez anos tem desenvolvido parceria com a Cia. Treme Terra, como diretor coreográfico e na preparação corporal do elenco em diversos espetáculos e no documentário Danças Negras.

Os interessados em participar, devem enviar nome completo, telefone e nome da roda de conversa que desejam se inscrever para o e-mail: contato@ccv-ma.org.br. A roda de conversa será transmitida pela Plataforma Zoom. Inscrições gratuitas. 80 vagas.


Relacionados