Território Corpo: Entre Brasil e África Negra - Roda de Conversa 3 - Dança Contemporânea Negra: Corpos, Contextos e Subjetividades, com Fernando Ferraz (BA), Gal Martins (SP) e Bruno de Jesus (BA) - Inscrições Abertas

01 dezembro 2020

Como parte da programação do Mês Negro e da Diversidade no CCVM, o programa Território  Corpo: Entre Brasil e África Negra realiza a Roda de Conversa –
Dança Contemporânea Negra: Corpos, Contextos e Subjetividades, com
Fernando Ferraz (BA), Gal Martins (SP)  e  Bruno de Jesus (BA), dia 01/12, de 19h às 21h.
Para pensar os atravessamentos que constituem e contextualizam a subjetividade da pessoa negra, do artista negro na nossa sociedade, algumas perguntas surgem: Como se configuram os territórios de criação? Como esses territórios geram produções sensíveis? Como a história conformou essas produções? Esses são alguns dos temas que darão o contorno desse encontro.

Fernando Ferraz é pesquisador e artista da dança, move-se entre a performance, as danças da diáspora negra e a história. Professor da Escola de Dança da Universidade Federal da Bahia (UFBA), Doutor e Mestre em Artes (Unesp) e Bacharel Licenciado em História (FFLCH-USP), é professor do Programa de Pós-Graduação em Dança (UFBA) e do Mestrado Profissional em Dança (PRODAN-UFBA). Integra o Grupo GIRA: Grupo de Pesquisa em Culturas Indígenas, repertórios Afro-brasileiros e Populares.

Gal Martins é artista pensadora em dança, arte educadora, gestora cultural e cientista social. Criou a Cia. Sansacroma , grupo paulistano de dança contemporânea preta, e a Zona Agbara, grupo de dança formado por mulheres negras e gordas. Desenvolveu e sistematizou a metodologia de formação em dança denominada A Dança da Indignação. Atualmente, também atua como Supervisora Artística Pedagógica do Programa Fábricas de Cultura.

Bruno de Jesus é artista, educador e pesquisador da dança, bailarino, coreógrafo, produtor e curador. Fundou a Cia. Experimentando NUS. É idealizador e programador do EPA! – Encontro Nacional Periférico de Artes e diretor documentário RAIMUNDOS: Mestre King e as Figuras Masculinas da Dança na Bahia.

Os interessados em participar, devem enviar nome completo, telefone e nome da roda de conversa que desejam se inscrever para o e-mail: contato@ccv-ma.org.br. A roda de conversa será transmitida pela Plataforma Zoom. Inscrições gratuitas. 80 vagas.

 


Relacionados