Território Corpo: Entre Brasil e África Negra - Oficina Corpo em Diáspora, com Luciane Ramos Silva - Inscrições Abertas

09–11 dezembro 2020

No Mês Negro e da Diversidade no CCVM, o programa Território Corpo: Entre Brasil e África Negra, realiza a oficina Corpo em Diáspora, com Luciane Ramos Silva (SP), de 09 a 11/12, das 10h às 11h.

A partir de técnicas e poéticas oriundas da diáspora negra, principalmente formas não hegemônicas de abordar o corpo, a artista oferece procedimentos para instigar a imaginação, organizar estruturas motoras e provocar o movimento de cada participante de maneira íntegra, considerando que cada pessoa tem sua história. A proposta é imaginar tempos, energias, espaços, relações, de modo a criar sensos comuns, que longe de tornarem as pessoas iguais, fortalecerão as potências subjetivas de cada um.

Luciene Ramos Silva é artista da dança, doutora em Artes da Cena (Unicamp) e integrante da companhia de dança Anykaya Dance Theater (EUA). Tem especialização em diáspora africana pela Universidade de Maryland (EUA). Há dez anos, desenvolve projetos sobre corpo, cultura e colonialidade. Foi curadora de diversas mostras de dança, entre elas, Insubimissas (2018) e FIT (2018). É gestora do Acervo África, espaço de pesquisa sobre cultura material africana, e co-dirige a revista O Menelick 2Ato, publicação que aborda as sociedades do ocidente negro.

Os interessados em participar, devem enviar nome completo, telefone e nome da oficina que desejam se inscrever para o e-mail: contato@ccv-ma.org.br. A oficina será transmitida pela Plataforma Zoom. Inscrições gratuitas. 80 vagas.

 


Relacionados