Mês Negro e da Diversidade no CCVM apresenta Quelly - Mostra Nacional de Cinema de Gênero

04–11 novembro 2020

 

Como parte da programação do Mês Negro e da Diversidade no CCVM, acontece, de 04 a 07/11,  a segunda edição da Quelly – Mostra Nacional de Cinema de Gênero.

A Mostra, realizada  em parceria com a Kasarão Filmes, este ano será apresentada online em nosso canal no YouTube.

A curadoria da Mostra selecionou documentários, videoarte e filmes de ficção que tratam da interseccionalidade entre as questões de gênero, raça e classe. Ao final de cada exibição, haverá bate papo com os artistas e realizadores.

Programação

04/11, 19h às 21h30

Exibição do PROGRAMA 1

Swinguerra, de Benjamin de Burca e Bárbara Wagner – Docuficção, Pernambuco/2019/23 min. Classificação indicativa: 16 anos.

Sinopse: Na quadra de esportes de uma escola pública, um grupo de dançarinos ensaia rotinas altamente disciplinadas sob o olhar atento de um coreógrafo. As tensões assombram os desejos pessoais enquanto são observados pelas companhias rivais.

 

Homens Invisíveis, de Luís Carlos de Alencar – Documentário, Rio de Janeiro/2019/ 25 min. Classificação indicativa: 16 anos

Sinopse: A situação da população masculina trans na prisão devido aos problemas de saúde causados pelo binário de gênero subjacente ao sistema penal.

Logo após as exibições acontecerá o diálogo: O Documentário – perspectivas da construção experimental, com realizadores dos filmes. Mediadores: Gabriel Gutierrez

 

05/11, 19h às 21h15

Exibição do PROGRAMA 2

Looping, de Maick Hannder – Ficção, Minas Gerais/2019/12 min. Classificação indicativa: 18 anos.

Sinopse: Vi um garoto atravessando a rua hoje.

 

Inabitáveis, de Anderson Bardot – Ficção, Espírito Santo/2020/25 min. Classificação indicativa: 14 anos

Sinopse: Uma companhia contemporânea de dança está prestes a estrear Inabitáveis, o seu mais novo espetáculo que aborda como tema a homo afetividade negra. Paralelamente aos ensaios, o Coreógrafo constrói uma amizade com Pedro, um jovem menino negro que não se identifica como menino.

 

A Felicidade Delas, de Carol Rodrigues – Ficção, São Paulo/2019/ 15 min. Classificação indicativa: 14 anos.

Sinopse: Duas meninas fogem juntas da polícia depois de uma manifestação. Apesar da violência, buscam uma forma de viver o seu desejo.

Logo após as exibições acontecerá o diálogo: Negritude e Gênero no Cinema Brasileiro Contemporâneo, com realizadores dos filmes. Mediadores: Ubiratã Trindade + Camila Soares

 

06/11,  19h às 20h30

Exibição do PROGRAMA 3 -Homenagem a Julia Katharine

Tea for Two, de Julia Katharine – Ficção, São Paulo/2018/ 25 min. Classificação indicativa: 14 anos

Sinopse: Silvia é uma cineasta de meia idade no meio de uma crise. Na mesma noite em que é surpreendida pela visita da ex-esposa, conhece outra mulher que a fascina.

 

Logo após a exibição haverá o diálogo: Vozes Femininas no Cinema LGBTQ+, com Julia Katharine. Mediadores: Amanda Drummond + Walber Sousa + George Pedrosa.

 

07/11,  19h às 21h00

Exibição do PROGRAMA 4

Papinha de Goiaba, de Tiago Fonseca – Experimental, Rio de Janeiro/2020/15 min.

Sinopse: Um conto de fadas sobre a homofobia na infância.

 

Sangro, de Tiago Minamisawa,  Bruno H. Castro, Guto BR e  – Animação, São Paulo/ 2019/ 7 min. Classificação indicativa: 14 anos.

Sinopse: Inspirado em uma história real, com voz em off de Caio Deroci, é a confissão íntima de uma pessoa que vive com HIV.  O filme de animação busca desmistificar questões que sobrevivem até hoje no imaginário social em relação à doença.​

 

Batom Vermelho Sangue, de R.B. Lima – Ficção, Paraíba/2020/ 20 min. Classificação indicativa: 16 anos

Sinopse: A rotina de quatro mulheres lutando pela sobrevivência e aceitação em uma sociedade cada vez mais hostil e preconceituosa.

 

Logo após as exibições haverá o diálogo: Construção de Novas Narrativas no Cinema de Gênero, com realizadores dos filmes. Mediadores: Josh Baconi e Gabriel Marques.

Assista em: https://www.youtube.com/Canal CCVM


Relacionados