Conversa Aberta: Pedagoginga e Oficina Tranças do Verbo, com o historiador e escritor Allan da Rosa - Inscrições Abertas

18–19 outubro 2019

O CCVM recebe nos próximos dias 18 e 19, o escritor e historiador, Allan da Rosa, que irá participar da Conversa Aberta: Pedagoginga e ministrar a Oficina Tranças do Verbo.

Allan da Rosa é mestre e doutorando em Educação pela USP e pesquisa ancestralidade, imaginário e cotidiano de homens negros em São Paulo. Autor de Pedagoginga, Autonomia e Mocambagem (ensaio sobre cultura negra e educação popular), Zumbi Assombra Quem? (juvenil), Reza de Mãe (contos), Da Cabula (Prêmio Nacional de Dramaturgia Negra Ruth de Souza) e Mukondo Lírico (Prêmio Funarte Culturas Negras). Escreve para Teatro, integra o Movimento de Literatura das Periferias de São Paulo, é editor e capoeirista. Já ministrou oficinas em universidades, bibliotecas e espaços culturais do Brasil, Moçambique, EUA, Cuba, México, Colômbia, Bolívia e Argentina.

Dia 18
19h30

Conversa Aberta: Pedagonginga
O conceito Pedagoginga, criado por Allan, está relacionado à educação popular e à luta antirracista. Foi modelado durante anos em cursos livres nas periferias paulistanas. Busca conjugar o que é simbólico, o que é pra encher a barriga e o que é estético e político em propostas de formação e autonomia negra, que encorajem a pensar pilares das memórias, cotidianos, tradições e desejos. Mirando a sofisticação das linguagens de matriz africana, propõe a tecelagem de um pensamento preto sobre Tempo, Poder, Arte, Saúde e Mocambagem.

Dia 18/10
Turma 1, das 9h às 12h

Dia 19/10
Turma 2, das 9h às 12h

Oficina Tranças do Verbo
A oficina, voltada para educadores em geral, vai abordar a letra negra, suas performances, sabores e dilemas, também fornecendo subsídios e práticas que contemplam a lei 10.639/03. Dialoga com os saberes corporais e o verbo inventivo, experimenta a ficção e o memorial, propõe a troca de conhecimentos e mapeia saberes estéticos, espirituais e políticos provenientes das diásporas negras atlânticas.
Serão realizadas duas práticas com cada uma das turmas.

Programação gratuita.

Os interessados em participar da oficina devem enviar nome, telefone e o nome da oficina para o e-mail contato@ccv-ma.org.br