Editais

O Centro Cultural Vale Maranhão tem como seu principal objetivo abrir oportunidades.

De um lado, oportunidades para artistas, criadores e produtores de apresentar seu trabalho em um espaço que pode receber com qualidade diferentes linguagens.

De outro, oportunidade ao público de interagir com a produção cultural e com a arte, de ser tocado ou transformado por ela.

O CCVM pretende estimular a formação do público para as diversas linguagens da cultura, facilitando e tornando constante o acesso à produção realizada dentro e fora do Maranhão.

A seleção pública de projetos deverá promover diálogos entre diferentes linguagens que poderão estar expostas simultaneamente.

Editais CCVM 2018:

Ocupa CCVM: Voltado a projetos de diferentes linguagens e características de artistas maranhenses ou radicados no Maranhão,  que tenham interesse em ser exibidos nos espaços do Centro Cultural Vale Maranhão. Veja os selecionados abaixo!

Pátio Aberto: Voltado a apresentações e oficinas a serem realizadas no Pátio Maranhão, com duração de duas horas. Veja os selecionados abaixo!


CCVM_Patio

A lista de projetos selecionados para o Pátio Aberto 2019 do Centro Cultural Vale Maranhão (CCVM) foi divulgada nesta segunda. Foram selecionadas 43 propostas dentre 323 inscritas.

Serão 32 shows e apresentações de cultura popular, 02 espetáculos de teatro, 05 oficinas e 02 mostras de audiovisual, 01 evento de dança e moda africana e 01 festival de artes visuais.

A seleção é bastante diversificada e contempla samba, mpb, instrumental, choro, forró, batidas afro, bumba-meu-boi, tambor de crioula, capoeira, caixeiras e manifestações populares menos conhecidas do grande público como a dança do tamaçaí, o reisado e a mangaba.

Os projetos selecionados são oriundos de 14 cidades. Além de São Luís, estarão representados na programação artistas de Axixá, Bacabal, Caxias, Codó, Grajaú, Icatu, Itapecuru-Mirim, Matinha, Paço do Lumiar, Penalva, Pindaré-Mirim, Santa Rita e São José de Ribamar.

Para a diretora e curadora do Centro Cultural Vale Maranhão, Paula Porta, “o Pátio Aberto vem se tornando uma vitrine da produção cultural maranhense pela diversidade de gêneros, gerações e regiões de origem que tem apresentado. Em dois anos recebemos 63 artistas, criadores e grupos e agora teremos outros 43, é uma mostra bastante significativa”.

O Pátio Aberto, além disponibilizar o espaço e equipamentos de som e luz para as apresentações, faz o registro em vídeo de todos os shows, que ficam disponíveis no canal do CCVM no youtube, visando aumentar a visibilidade dos artistas e oferecer a eles material de divulgação. O canal é uma fonte importante para curadores de festivais, programadores e outros interessados em conhecer artistas maranhenses”.

A programação do Pátio Aberto 2019 começa em maio e segue até março de 2020. Toda a programação é gratuita e aberta ao público.

Confira o resultado em https://ccv-ma.org.br/editais/

Para conhecer tudo que já passou pelo Pátio Aberto, visite o canal centroculturalvalemaranhao. Visite e prestigie os artistas do Maranhão.

O Centro Cultural Vale Maranhão fica na Avenida Henrique Leal, 149, Praia Grande, Centro. Outras informações pelo telefone 3232 6363.

Projetos selecionados Pátio Aberto 2019

SHOWS E APRESENTAÇÕES
1. Show Samba São Luís – Conjunto Madrilenus (São Luís)
2. Show Lindomar Lins e Banda – Lindomar Lins (São Luís)
3. Show Chapada Não é Lagoa – Luís Carlos Pinheiro (Grajaú)
4. Show Uma Homenagem à Velha Guarda do Samba Maranhense – Grupo Divina Batucada (São Lu-ís)
5. Show Por Amor ao Samba – Arlindo Pipiu (São Luís)
6. Show Elis e Eu – Gabriel Melônio (São Luís)
7. Show Brasil Brasileiro – Banda Sinfônica Tomaz de Aquino Leite (São Luís)
8. Show Desplugado – Mano Borges (São Luís)
9. Show Wanderson Silva: 25 anos de Percussão – Wanderson Silva (São Luís)
10. Show Gente do Choro – Grupo Regional Tira-Teima (São Luís)
11. Show A Festa Negra – Banda Ylúguerê (São Luís)
12. Show Batuque na Cozinha – Grupo de Samba Terreiro de Oyó (São Luís)
13. Show Nossa Trajetória – Grupo de Samba Vamu di Samba (São Luís)
14. Show Para Elas – Isabel e Wanda Cunha (São Luís)
15. Show Pé Na Estrada – Oberdan Oliveira (São Luís)
16. Show Canto de Casa – Orlando Maranhão e Banda Chicotada (Codó)
17. Show Violão Brasileiro – Tiago Fernandes (São Luís)
18. Show Visões de Lampião – Chico Nô e Zé Paulo (São Luís)
19. Apresentação Boi de Axixá: 60 anos de tradição – Boi de Axixá (Axixá)
20. Apresentação do Tambor de Crioula de São Benedito – Tambor de Crioula de São Benedito (Itapecuru-Mirim)
21. Apresentação do Bumba-Meu-Boi de São José de Ribamar – Boi de Ribamar (São José de Riba-mar)
22. Show As Caixeiras de Maria Caixeira – Associação Feminina Cultural Democrática Divindade do Vale do Pindaré-Mirim (Pindaré-Mirim)
23. Apresentação Gado Mandingueiro – Bumba-Meu-Boi Rosa de Saron (São Luís)
24. Show Acordes do Arame no Som da Cabaça – Associação de Capoeira Zâmbi (Bacabal)
25. Apresentação Bumba-Meu-Boi Bela Jóia de Nazaré – Associação Turma Nova Bumba-Meu-Boi Bela Jóia de Nazaré (Matinha)
26. Apresentação Bumba-Meu-Boi Bela Jóia de São João – Associação Folclórica Comunitária Bumba-Meu-Boi Bela Jóia de São João (Matinha)
27. Apresentação Coco Manhoso do Quilombo Careminha – Coco Manhoso do Quilombo Careminha – Mestre Leão (Santa Rita)
28. Apresentação Dos Santos Reis ao Reisado – Grupo de Reisado Encanto da Terra (Caxias)
29. Apresentação Tambor Rufou na Baixada – Tambor de Crioula Cravo e Rosa de São Benedito (São Luís)
30. Apresentação Dança do Tamaçaí – União dos Moradores e Baiacuí (Icatu)
31. Apresentação Tambor de Crioula Fé em Deus – Tambor de Crioula Fé em Deus (Santa Rita)
32. Apresentação Bumba-Meu-Boi Duvidoso de São João – Boi Duvidoso de São João (Penalva)

ESPETÁCULOS
33. Espetáculo Uma Late a Outra Mia – Erivelto Viana
34. Espetáculo Afresco de Outono – Maria Itskovich

OFICINAS
35. Oficina Pungada: Mestras do Tambor – Tambor de Crioula Manto de São Benedito (São Luís)
36. Oficina Maranhão de Ritmos e Bailados – Grupo Folclórico de Mangaba São Gonçalo (Bacabal)
37. Oficina de Técnicas de Reportagem Comunitária – NCIC – Núcleo de Comunicação e Integração Cidadã (São Luís)
38. Oficina Estamparia Básica em Técnica de Stencil – Wagner Barros Serejo (São Luís)
39. Oficinas Palco Kombi Music – Grupo Zona (São Luís)

EVENTOS
40. Festival de Sticker Art Coletivo Cazulo Amarelo (São Luís)
41. Mostra de Videoarte ART: 120 segundos – Jerry de Ribamar Quadros Correia (São Luís)
42. Quelly. Mostra Nacional de Cinema de Gênero – George Pedrosa (São Luís)
43. Africanismo: oficinas, apresentações e desfile – Gilvan dos Santos


Ocupa CCVM

Voltado a projetos de diferentes linguagens e características, o edital ocupa ccvm tem por objetivo selecionar projetos de todo o Maranhão que tenham interesse em ser exibidos nos espaços do Centro Cultural Vale Maranhão.

Os projetos devem envolver no mínimo 80% de artistas/ realizadores maranhenses ou que estejam estabelecidos no Maranhão.

Projetos selecionados para o Ocupa CCVM 2018:

Artes Visuais

  • Nega sim, sua não – Sunshine Santos – São Luís
  • #Caz(1)bando – Walter Cunha Sá – Penalva/ São Luís
  • Fósseis dos Gestos – Romana Maria – São Luís
  • Novembro Fotográfico – Maria Thereza Soares – São Luís

Audiovisual

  • Mostra Zeladoras e Encantados – Ilka Pereira, Paulo Vale e Wagner Heineck – São Luís/ Codó

Artes Cênicas

  • TECNO: Entre Telas, Lençóis e Paredes – Miramundo Produções Culturais – São Luís
  • Negro Cosme in Urgência – Luiz Pazzini – São Luís
  • O Guesa Errante – Canto: Terra – Núcleo de Criações CAÉ – São Luís
  • Godôvirá: Festival de Cenas Curtas – Xama Teatro – São Luís
  • Oficina teatro de bonecos e poéticas negras na Educação Básica – Gleydson Castro – São Luís/ Chapadinha

logos-editais-estreia-na-terca

O projeto estreia na terça abre os espaços do CCVM ­– saguão ou Pátio Maranhão – para lançamentos de livros, cds, videos e outros projetos culturais.

Os lançamentos deverão ocorrer às terças-feiras no período de 18h às 20hs.

Os interessados devem enviar a proposta para o email: estreianaterca@ccv-ma.org.br

A equipe CCVM será responsável por selecionar as propostas e definir as datas disponíveis.

O projeto oferece o espaço do CCVM sem custo e não envolve qualquer tipo de remuneração aos interessados em utiliza-lo para a finalidade acima indicada.